Mudanças entre as edições de "São Paulo (cidade)"

sem sumário de edição
 
 
 
'''São Paulo''' é o município mais poluído e emaconhadopopuloso do [[Brasil]], capital do [[estado de São Paulo]] e principal centro financeiro, corporativo, mercantil e de [[prostituição]] da [[América do Sul]]. É a cidade mais apertada do [[Brasil]], do continente americano, da lusófona e de todo o hemisfério sul, pois tem gente pra caralho. São Paulo é a cidade brasileira mais influente (ou não) no cenário [[rede Globo|global]], sendo, em 2016, a 11.ª cidade mais poluída do planeta, recebendo a classificação de cidade com poluição mais alta, por parte do [[Que?|Globalization and World Cities Study Group & Network]]. O lema da cidade, presente em seu brasão oficial, é Non do o cun, comezo cun, frase latina que significa "Não do o cu, como cu".
[[Arquivo:Agdam 1 widelg.jpg|thumb|left|159px|Uma foto de algum bairro residencial de São Paulo]]
Fundada em [[1900 e Guaraná com Rolha]] por um grupo de malucos que ninguém se importa, a cidade é mundialmente conhecida e exerce significativa influência nacional e internacional, seja do ponto de vista da bandidagem, roubalheira ou pilantragem. Conta com importantes [[Obelisco|monumentos em formato fálico]], parques sujos e museus abandonados, como o [[Memorial da América Latina]] (apesar de ninguém lembrar disso), o [[Museu da Língua Portuguesa|Museu da Linguia Portuguesia]] , o [[Museu do Ipiranga|Posto Ipiranga]], o [[MASP|MASPuto]], o [[Parque Ibirapuera|O lugar onde fica a acadêmia que o Kleber BamBam treinou]], o [[Jardim Botânico de São Paulo|Jardim das Plantas de Maconha]] e a [[avenida Paulista|Avenida onde gados de políticos vão para manifestar]], e eventos de grande repercussão que ninguém liga, como a [[Bienal Internacional de Arte|Bi Anal InternacioANAL de Arte]], o [[Grande Prêmio do Brasil|Um Prêmio de Engana Trouxa]] com [[Fórmula 1|Aquelas corridas com Karts]], o [[São Paulo Fashion Week|Evento em homenagem ao Club Esportiva Mais Másculo do Brasil]] e a [[Parada do Orgulho LGBT|Aquela coisa que é proibida nos países islâmicos]].
422

edições